O tema de hoje é Trabalhar no Canadá! Vou te dar algumas dicas que você pode começar seguindo hoje rumo ao grande objetivo de conseguir um bom emprego aqui no país.

Escrevo este post pensando em você, que está se perguntando “quais passos dou para conseguir um emprego no Canadá?”. Como alguém que passou pelo mesmo processo, sei o quão custoso, estressante e cheio de ânsia esse processo é, então sempre tenho em mente que cada passo que você dará te custará muito. Dito isso, é muito importante que você os dê com confiança!

Um dos meus primeiros trabalhos aqui no Canadá, gerenciando uma incubadora para jovens líderes
Um dos meus primeiros trabalhos aqui no Canadá, gerenciando uma incubadora para jovens líderes

Onde muitos falham e os principais pilares imigratórios do Canadá

O Canadá é casa para cerca de 130 mil brasileiros, sendo Toronto o maior destino em virtude de ser a maior metrópole canadense, verdadeiro motor econômico do país. Sim, há muitos brasileiros chegando pelo continente gelado todos os dias, o que é ótimo! O que muitos falham, porém, é assegurar empregos de qualidade, continuar a se qualificar profissionalmente e construir, muitas vezes do zero, uma rede de contatos valiosa. Resultado? Trabalharão em subempregos, dirigindo uber e criarão uma péssima imagem do país. Muitos acabam voltando.

Curtindo o tema? Não esquece de deixar seu comentário aqui e compartilhar o link com seus amigos(as)!

Antes de começar, acho legal falar algo que pouca gente comenta em artigos como esses. E eu sempre vou procurar trazer pontos que normalmente blogueiros(as) e o pessoal do assunto não comenta. O Canadá, desde 2002, adotou uma política imigratória baseada em 3 categorias:

i. reunificação familiar,

ii. econômica,

iii. humanitária.

Vamos focar na segunda categoria: econômica. Importante ressaltar que tudo que falarei aqui parte de minha experiência pessoal e fruto de muita pesquisa. Se você sente que precisará de ajuda profissional, busque pessoas qualificadas para isso.

Ok, vamos lá.

1. Definir seu objetivo é CHAVE!

Ter um objetivo definido vai te ajudar a desenhar a sua Jornada Canadá cedo. Alguns exemplos de objetivos são mudança definitiva, experimentar e ver no que dá, estudar temporariamente, trabalhar temporariamente.

Quero focar na mudança definitiva, pois foi o que eu segui e muito do que vou falar aqui você pode aproveitar pra outros objetivos também. Vamos lá. Se o que você quer é trabalhar, aqui vão programas importantes para você pesquisar mais sobre:

i. Global Skills Strategy – principalmente se vc trabalhar na área de TI;
ii. Express Entry;
iii. Startup Visa Program; and
iv. Provincial Nominee Programs.

Os 3 primeiros são programas federais e o último, provinciais. O Express Entry é uma das formas mais populares de ingresso no Canadá e você pode aplicar ainda morando no Brasil. Funciona como um sistema de pontos – saiba mais aqui. Você também pode calcular seus pontos aqui.

A DMZ, incubadora da Ryerson University, é uma das organizações que aceita aplicações do Startup Visa Program
A DMZ, incubadora da Ryerson University, é uma das organizações que aceita aplicações do Startup Visa Program. Foto de 2018, com o time da Missão Toronto.

Se sua intenção é estudar, indico pesquisar programas de colleges públicas, que geralmente são de curta duração e permitem você trabalhar 20h semanais durante os estudos. E muito importante aqui – a depender da província e college, essa experiência de estudo pode te ajudar a conseguir o Post-Graduate Work Permit. O PGWP te autoriza a trabalhar legalmente, full-time, após os estudos. Mas isso só é válido caso você tenha feito uma college pública. Exemplos de colleges públicas em Ontario: George Brown College, Seneca College, Humber College etc (veja todas aqui). Segundo dados de 2019, quase metade dos brasileiros no Canadá vieram por esse meio.

Comece a aplicação de 6 a 8 meses antes! Programas populares lotam bem cedo. Não esqueça que o Canadá é destino de estudantes do mundo inteiro.

2. Prepare-se para uma carreira internacional e tenha inglês fluente.

Se o seu objetivo é a mudança permanente, inglês é muito importante. Não estou falando que você tem que falar como nativo ou sem sotaque, mas comece a ganhar prática do idioma antes de você chegar aqui. E olha, seja gentil consigo mesmo durante esse processo, tá? Mesmo quando você já estiver morando aqui, leva muito tempo para ganhar fluência e conhecer expressões e gírias. A grande vantagem de Toronto é que mais da metade da população daqui é composta por imigrantes. Tem como não amar?

Missão Toronto visitando a LatAm Startups, incubadora dedicada a acelerar startups latinoamericanas em Toronto.

Um site que eu uso para praticar espanhol e super recomendo: italki.com.

Quando me mudei para o Canadá, 4 anos atrás, resolvi usar essa oportunidade para expandir minha área de atuação. Não quis continuar como advogado pois estava apaixonado pelo empreendedorismo e o forte ecossistema tecnológico canadense. Encontrei, aqui, um espaço vibrante em inovação, abundância de oportunidades e um link muito forte com o mercado americano (Nova York, por exemplo, fica a apenas 1h30min de avião de Toronto). 4 anos depois, tenho minha empresa fundada em Toronto e trabalho remoto para uma startup de educação líder no seu segmento.

Não interessa que caminho você seguirá – continuar com sua carreira ou transitar para outra – coloque-se em um mindset global desde já. Faça cursos internacionais, adquira designações internacionais, tenha seu LinkedIn em inglês e comece a se conectar com líderes da sua indústria aqui no Canadá (mais sobre isso na última dica!).

3. Planejamento financeiro

É muito importante que você venha preparado(a) para se adaptar a uma nova vida e disposto a arcar com as despesas iniciais da mudança. Se você não tiver um trabalho seguro já aqui no Canadá, venha com dinheiro guardado para passar alguns meses procurando emprego. A depender da forma que você está imigrando, o governo exigirá provas de que você tenha determinada quantia na sua conta bancária.

Dicas – comece a economizar todo mês e coloque o seu dinheiro em uma conta poupança com alto rendimento. E avalie com muito cuidado se você realmente precisará da ajuda de agências de intercâmbio – minha experiência pessoal com agência foi custosa e um desastre, mas há muitas empresas boas e comprometidas com os seus objetivos. Comece a pensar bastante antes de qualquer compra e esteja pronto(a) para fazer sacrifícios.

4. Invista muito em construir relacionamentos

Olha, essa dica é muito importante. Relacionamento em qualquer lugar é importante, mas quando estamos falando de Canadá, realocação, novas carreiras e objetivos, construir relacionamentos é onde muitos imigrantes falham.

Primeira coisa que você deve fazer: Abra seu LinkedIn. Tá apenas em português? Traduza para o inglês. Tá incompleto? Adicione foto profissional ao seu perfil, biografia concisa e interessante, suas experiências profissionais, voluntárias e suas respectivas descrições e conquistas, prêmios, educação, artigos publicados, e peça para seus colegas de trabalho escreverem recomendações para você no LinkedIn.

Segundo – procure e participe de grupos profissionais no LinkedIn, Facebook, WhatsApp e Telegram. Aqui vai a dica de um: Trabalhar e Estudar no Canadá, no LinkedIn.

Se você pensa em fazer negócios aqui, contactar e associar-se a câmaras de comércio, como a CCBC, BCCC, é uma boa dica, assim como conectar-se com brasileiros que fizeram o mesmo.

Mas não é só isso. As dicas de verdade nesse último tópico de relacionamento você vai encontrar no meu último artigo: 3 Dicas Infalíveis para Fazer Networking no Canadá.

Se você aprendeu algo novo e achou o tema interessante, não esquece de deixar o like e compartilhar esse post com sua rede. Tem interesse em novos temas? Me escreve: felipe@nextlevelhub.org e conecte-se comigo no LinkedIn: Felipe Soares. Abraços!

One thought on “Quer Trabalhar no Canadá? 4 Dicas Poderosas para o seu Planejamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.